Linguagem Musical e Flamenco: das origens do violão moderno ao diálogo entre culturas

Rafael Mar

Os elementos que compõem distintos fenômenos musicais e artísticos se entrelaçam de maneira inusitada e coerente ao mesmo tempo. A atividade propõe um olhar sobre estes fatores desde dentro de uma das culturas sonoras mais singulares existentes – o Flamenco. Possuidor de uma linguagem complexa e profundamente codificada, sobressai seu vínculo com o instrumento mais emblemático do Brasil – o violão – além de sua conexão com as músicas latino-americanas, europeia, oriental e africana. A oficina trata assim de aspectos formais, históricos, práticos e teóricos, em uma abordagem interativa e de extrema transversalidade disciplinar.

26 de junho

9h às 12h

Ficha Técnica

Autoria e apresentação:

Rafael Mar

MiniBio

Rafael Mar (Blumenau, 1980) é violonista, graduado em música com especialização em Flamenco pelo Conservatório Superior de Córdoba, Espanha. Ganhador do I° Prêmio Herbert Holetz, realizou com este a gravação de sua suíte para violão solo intitulada “Hi-Fi” (2019), obra autoral que vem despertando interesse junto à crítica especializada. Em fevereiro de 2020, foi selecionado para realizar o concerto de abertura do Festival FIK, na UDESC. Trabalha profissionalmente como músico há mais de duas décadas, particularmente na Espanha, França e Alemanha, países onde fixou residência para se formar junto a músicos como Hubert Kappel, Roland Dyens, Sylvain Luc, Claude Worms, Gerardo Nuñez, entre muitos outros. Atualmente colabora com o portal Flamencópolis, desenvolvido pelo eminente musicólogo Faustino Nuñez. Leciona regularmente na escola Associação Cultural Arte.Dança, em Florianópolis.

Inscrições abertas até 23/6 ou até quando as 20 vagas forem preenchidas