Reflexo.png

Reflexo

Sandra Regina Coelho

“Reflexo” é uma exposição que nasce a partir do registro artístico fotográfico de Sandra Coelho da Performance Reflexo, de Leandro Maman. Uma interferência urbana que consiste no deslocamento do performer pela cidade, carregando manualmente um espelho sem moldura, nas medidas 1,80X0,90m. O artista se desloca e faz paradas estratégicas, posicionando o espelho a sua frente ou lateralmente, criando uma imagem poética a partir do reflexo no espelho. O que é refletido pode ser um detalhe, um encontro entre pessoas, um pedaço do céu fixado junto ao chão, como um batismo, o movimento das ondas do mar e da espuma branca na areia marrom, a brincadeira de criança no fim do domingo e o próprio cansaço do performer.

De 29 de maio a 26 de junho

Todo o período

Ficha Técnica

Autora e fotógrafa:

Sandra Regina Coelho

Autor e performer:

Leandro Luiz de Maman

MiniBio

Sandra Coelho

Sandra Coelho é artista com incursões em artes visuais, teatro e literatura. formada em psicologia, pesquisa a substância dos sonhos enquanto possibilidade de autoconhecimento e matéria prima para construções artísticas. Autora dos livros Poesia Onírica e Escritos Alqúimicos, Pô!Ema e Traçado (livro de artista). Nas artes visuais possui diversos trabalhos em fotografia, performance, arte urbana e tecnologias digitais, como as obras O Sonhador, 21 Teses dobre a noite, Có.di.go Poema, C.T.P.S, Cidade e Alma, Memórias e Jardim de Abel. Já realizou diversas exposições/instalações individuais e coletivas e desde 2011 é membro do eranos círculo de arte de itajaí/sc, onde pesquisa também o teatro para a primeira infância e teatro de animação. Atualmente trabalha no projeto híbrido de literatura e artes visuais: Sonhário - Cartografias do Inconsciente Coletivo, ganhador do Prêmio Elisabete Anderle de estímulo a cultura 2020. Saiba mais em eranos.com.br/reflexo.

Leonardo Maman

Leandro Maman atua com arte desde 1997, com graduação em design, é artista multidisciplinar com incursões em artes visuais, literatura, teatro e audiovisual. Membro do eranos círculo de arte, participou com trabalhos artísticos em eventos de referência do Brasil e exterior. Possui interesse nas relações híbridas entre teatro e performance, teatro para primeira infância e arte urbana. Sua produção é atravessada pela arte digital, em especial através do uso de projeção digital nas artes presenciais, e criação de objetos em impressora 3d.